sábado, 13 de janeiro de 2018

Itália 2017/2018

1 país. 4 pessoas. 5 cidades. 6 dias. 

A minha passagem por Itália foi incrível. Para além de ter sido o 17º país em que eu estive, passei lá a Passagem de Ano e estive com a minha família. Foram dias em que as pizzas e as massas fizeram parte do meu menu e em que procurávamos sempre pelo melhor sítio para degustar a comida italiana. Foram dias em que dormíamos sempre em sítios diferente e em que o cansaço se apoderava de nós devido aos quilómetros e quilómetros andados para ver todos os pontos principais de cada cidade. Foram dias em que os souvernis palpáveis cresciam a cada hora e que neste momento me fazem recordar cada momento vivido. Acima de tudo e o principal intuito desta viagem, foram os momentos em família. Momentos em que éramos só nos os quatro e que não tínhamos mais ninguém para nos chatear a cabeça. Apesar de estar numa idade em que dava prioridade às viagens com amigos, aproveitei ao máximo os momentos a quatro. Vão-se tornando cada vez mais raros mas Itália observou-os de perto.


Veneza - Janeiro 2018

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Dezembro 20.17

O último mês do ano foi palco para os mais diversos momentos. Para a festa de Natal e as atividades com os escuteiros - entre elas, a entrega dos brinquedos angariados a uma instituição de acolhimento de jovens -; para os jantares de curso, as saídas e aos brindes aos 'Amigos para Sempre'; para as idas à Pista de Gelo e aos quase trambolhões; para o reencontro com a minha afilhada e para uma ida ao Porto, onde reencontrei a Rita (one of my Erasmus bffs) e a Nádia.

Em Dezembro tive, ainda, quatro momentos (muitooooo) especiais: O Natal, onde estive com toda - mesmo todaaa - a minha família paterna; o reencontro com a Bruna, que já não a via desde Setembro ou Outubro, a ida a Salamanca, com as Ritas e a Andreia e por fim, a ida a viagem a Itália, com a minha família.

Por fim, as lembranças que tive de duas pessoas da blogosfera: a "minha apresentação" feita pela Leonor e que correspondeu tão bem à minha pessoa: Sou o @joaomaiasoares tenho sotaque do norte e Panamá e óculos de sol é coisa que não falta, lenço vermelho e galo de Barcelos vão para onde eu for, faço viagens de fazer inveja e a checa bate forte cá dentro , e o postal que recebi da Joana e que lágrimas aos olhos me trouxe.

Dezembro acaba, mas um novo mês/ano se avizinha. Temos tudo para fazer todos os dias valer a pena.

Barcelos - 24.12.17
*Fotografia da minha autoria. Não utilizar sem autorização prévia.*

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018


Feliz Ano Novo! Que o melhor de 2017 seja o pior de 2018. E sempre com altos voos.
Obrigado por continuarem desse lado!

*Fotografia retirada do Tumbrl*

domingo, 31 de dezembro de 2017

TOP 17 de 2017

//FOTOGRAFIAS
A Despedida de Praga. 14.02.17
ACANAC. 01.08.17
Os meus 20. 10.10.17


//SÉRIES


* The Royals. A minha série favorita de sempre. Drama, escândalos e histórias de amor no seio de uma fictícia Família Real Britânica. 
* The Bold Type. O facto de ter uma luso-descendente no elenco principal captou a minha total atenção. Para saber mais, aqui, no blogue da Sofia.


//MÚSICAS


* Bad Things - Milky Chance ft. Izzy Bizu.
* Told You So - Miguel. Depois do VSFS viciei, por completo, nesta música.
* I Am Everyone Else - Declan McKenna. Por causa desta música, adorava ter na minha mão as playlists das lojas da Pull&Bear.


//POSTS


* 20 coisas que fiz no Estrangeiro. Acho que foi o post que mais piada me deu a escrever. Pôs-me a pensar sobre a minha vida lá fora e por tudo o que já lá passei.


//MOMENTOS


* Os meus 20 anos. Apesar do final do dia ter sido conturbado - não comigo -, o dia dos 20 anos foi excepcional. Passei-o junto dos meus amigos e cada mensagem deixou-me com um sorriso nos lábios enorme.
* A Carta de Condução. Depois de muito esforço e um exame reprovado, passou a haver mais um perigo na estrada - cliché, mas super verdade -.
* Viena. A cidade mais bonita onde estive até hoje.
* Mês Final de Praga - Erasmus. O final da melhor experiência da minha vida. As aprendizagens, as pessoas e a cidade é tudo o que eu levo para a vida.


//ESCUTEIROS


* ACANAC/ACANAC+CEDO. O maior acampamento alguma vez feito em Portugal onde conheci das melhores pessoas que tenho na minha vida. 
* AcaAdere. Sem dúvida nenhuma, a melhor atividade que eu tive nos escuteiros. Foi de tal forma libertadora, que falei sobre coisas que me inquietavam com pessoas com quem nunca tive tanta proximidade e agora estão no topo, mesmo.

//ROUPA/ACESSÓRIOS

* Cachecol Zara. Compra de última hora. Confortável, macio, giro e barato.
* Stan Smith. Simples, bonitas e super confortáveis. Icónicas.

-----------------------------

Não tenho nenhuma ordem. Tudo o que aqui está merece o lugar, à sua medida, claro.

*Fotografia da minha autoria. Não utilizar sem autorização prévia*

sábado, 30 de dezembro de 2017

A Pré-Viagem

Digitalizar todos os documentos e enviar para o nosso email.
Desta forma, se perdermos algum dos documentos, temos sempre um backup e podemos facilmente sair do país para onde vamos.

Passar musicas para iPod.
Desde a viajem de avião até aos inúmeros autocarros que possivelmente vamos ter de apanhar, a música pode ser a  nossa melhor companhia. Nada melhor que termos todas as nossas músicas preferidas à distância de um clique.

Descarregar fotografias de telemóvel e máquina fotográfica.
Durante a viagem, aquilo que menos queremos, entre outras coisas, é ficar sem espaço para as inúmeras fotografias que vamos tirar, por isso, o melhor a fazer e descarregar o cartão memória da máquina e apagar a maior parte das fotografias do telemóvel, isto se o vosso telemóvel não tiver sítio para colocar cartão memória.

Preparar a mala.
Possivelmente das tarefas mais complicadas. Colocar apenas o necessário numa mala. O melhor a fazer é uma escala para que várias peças combinem umas com as outras e assim poupar espaço. E não esquecer: roupa confortável acima de tudo!

Carregar baterias portáteis.
No mundo em que vivemos, cada vez mais as pessoas vivem online. Para dar update nas redes sociais ou procurar restaurantes e rotas, precisamos que os nossos gadgets tenham sempre baterias. As baterias portáteis estão aqui para nos ajudar e claro está, temos de carrega-las com antecedência.

Passar cosméticos e produtos de beleza para embalagens mais pequenas.
Para além de, na maior parte das vezes as embalagens não passarem nos aeroportos, não vale a pena andar com uma embalagem grande atrás de nós se não vamos usar nem 1/10 do produto. O melhor é passar esses produtos para embalagens mais pequenas e mais cómodas e que encaixam em qualquer lugar. 


*Imagem retirada do Pinterest*

domingo, 24 de dezembro de 2017


Old Town Square, Praga - 19.12.2016
Desejo a cada um de vocês em Santo e Feliz Natal, recheado de presentes e de mil e um momentos com as vossas pessoas. Obrigado por estarem desse lado. Gosto muito de vocês!

*Fotografia da minha autoria. Não utilizar sem autorização prévia*

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Aquilo que Eu Mais Gosto em Portugal


A Hospitalidade. Qualquer pessoa que venha ao nosso país é recebida de braços abertos. Disso não há dúvida. 

O Calor Humano. Está interligado com o de cima. a maior parte das pessoas são simpáticas e existe sempre um sorriso no rosto ao virar da esquina. Onde há um 'tuga' há animação.

Os Locais Bonitos. O Gerês, a Ria Formosa, o Portinho da Arrábida, Trás-os-Montes, Lisboa e Porto. Temos locais fantástico e super exóticos. Não encontramos isto em mais lado nenhum do mundo.

A Ótima Gastronomia. O cozido à portuguesa, as papas de sarrabulho, a francesinha, os ovos moles ou um arrozinho de pato. Temos uma gastronomia fan-tás-ti-ca e nem no fim do mundo eu ficaria sem saudades de uma boa iguaria portuguesa.

A Minha Cidade. Não me canso de dizer isto. Tenho o maior orgulho em Barcelos e em ser Barcelense, no nosso Galo e no quão bem ele representa o nosso país. 'Home is where your heart is'.

As Ótimas Praias. Apesar de termos uma água mega gelada, as nossas praias são incríveis. Já tive a oportunidade de ir para outros países, e nada é como aquilo que temos. Ofir, por exemplo, apesar de ter as maiores nortadas que eu já vi, tem dias de praia fantásticos e um solinho de dar um escaldão em 20 minutos, no joke.

A Oportunidade de Poder Viver em Portugal. Este cantinho à beira mar plantado, apesar das infortunas desgraças, faz-nos felizes. E viver aqui é ótimo. Por tudo o que já enumerei aqui. Porque será que temos uma quantidade enorme de estrangeiros e celebridades a quererem vir viver para cá?!

O Orgulho em Ser Português. Qualquer que seja a parte do mundo em que nós estejamos, vamos sempre encontrar um português e fazer uma festa como se nos conhecêssemos desde nascença. Da mesma forma, isso acontece se virmos a nossa - grande - bandeirinha no outro canto do mesmo mundo. Temos orgulho e apregoamos aos sete ventos que somos Portugueses. Não há que ter medo, somos o melhor povo do mundo.

E tu? O que é que mais gostas no nosso país?

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Last Minute Presents


Para o viajante, um Scratch Map (1) para ver o quanto lhe falta para ter visitado o mundo todo - no Bairro Norte, por 19.99 euros -. 
Para os amantes de música e séries/filmes, um cartão prenda da Netflix ou do Spotify (2), cujos preços variam entre os 7 e os 25 euros na Worten. 
Para os mais sentimentalistas, um postal (3) faz toda a diferença - escrever algo à mão e sentido é ótimo - na Tiger, 2 por 1 euro. 
Para aqueles que gostam de cuidar de si e do corpo, um coffret da Nivea (4) com excelentes produtos e que encontram em qualquer hipermercado por um preço razoável. 
Aos criativos, uma caixa de luz (por 10 euros na Tiger) ou um caderno de capa dura (por 2 euros na Tiger) para deixarem voar a imaginação (5 e 6). 
Aos amantes do café, uma caneca misturadora (7) que simplifica tudo quando a adição vem à baila (por 5 euros na Tiger). 
Por fim, para os aventureiros, uma mochila de 20 litros da Quechua (8), super resistente e um ótimo acompanhante para os percursos mais difíceis (por 7 euros na Decathlon).

domingo, 17 de dezembro de 2017

Coisas que Quero Fazer no Estrangeiro Antes de Morrer - pt.2


11. Fazer uma road trip à volta de Itália num fiat 500
Itália tem sido um um país com a qual já muito sonhei e quero mesmo muito visita-lo. A ideia é começar pelo Norte, passar pelas principais cidades, Cinque Terre, ir descendo e visitar San Marino, passar por Roma, fazer o 'salto alto', passar para a Sicília e acabar na Sardenha. O Fiat 500 dá-me a verdadeira ideia do conforto italiano e não poderia escolher melhor carro do que este para fazer a sua terra natal.

12. Visitar maior parte dos castelos Alemães
Sou um fascinado pela Alemanha e por castelos. Juntar o útil ao agradável deve ser mais que muito bom. Começando no de Neuschwanstein e acabando no de Burg. Ver cada um daqueles castelos com montes de história encontrada nas paredes deve ser um máximo. Juntar a isto uma road trip, deve dar uns mil pontos à viagem.

13. Ir ao Bohemian Switzerland
Queria muito tê-lo feito enquanto estive em Praga mas não tinha companhia e não é propriamente um trail que se deva fazer sozinho. Conto, na minha próxima visita à República Checa, fazer este caminho até ao paraíso na terra.

14. Fazer o Transiberiano
Tive conhecimento desta viagem a partir de uma tia minha e é mesmo daquelas a fazer-se pelo menos uma vez na vida. Começa em Moscovo e acaba em Pequim com uma duração de 15 dias, mais ou menos, e passar por toda a parte Norte da Euroásia. 

15. Visitar o Deserto do Atacama
Sem explicação. É um lugar sobre o qual já leio há bastante tempo. Um sonho autêntico. 

16. Andar de bicicleta em Amesterdão
É como o de andar de gôndola em Veneza. Same story. Muda apenas a parte do preço.

17. Visitar um dos maiores campo de tulipas da Holanda
Descobri a existência deste tipo de campos a partir de um vlog da Mariana Gomes e fiquei completamente rendido. Em dias de sol ou de chuva, o parque está sempre lindo e impecável. Acho que a única altura em que o parque está é na Primavera, pr isso é algo a ter em atenção.

18. Bungalow nas Maldivas
Acho que já toda a gente viu, nas redes sociais, aquelas fotografias de bungalows de luxo dos vários resorts existentes nas Maldivas. O sonho é passar lá uma semana abstraído do mundo, do trabalho e do stress. Isto com a melhor companhia possível, claro!!

19. Mergulho no Mar Vermelho
Apesar de já ter estado no Egipto e ter nadado no Mar Vermelho, só não fiz mergulho porque era demasiado pequeno. Mas o meu irmão fez. Aquilo é lindo e adorava explorar mais a fauna e a flora daquele mar.

20. Fazer a travessia de barco entre as duas margens de Istambul
Não é em qualquer cidade ou país em que chega uma travessia de barco para mudar de continente. Em Istambul isso acontece e eu quero presencia-lo.


*Fotografia retirada do Pixabay*

domingo, 3 de dezembro de 2017



Este ano não haverá qualquer tipo de gasto em presentes de Natal. Quer da minha parte, quer da parte dos meus pais/irmão. Vamos guardar esse dinheiro para gastarmos na viagem - quer em atrações, passeios ou souvenirs -.

*Fotografia retirada do Tumblr*